Projeto ‘A Memória vai à Escola’ estimula consciência crítica sobre ditadura no País

Veículo: Jornal do Dia - AP
Compartilhe

Em busca de estimular a consciência crítica dos jovens sobre o período ditatorial no Brasil e no Amapá, a Comissão Estadual da Verdade Chaguinha lançou na manhã da última sexta-feira (16), no Centro de Difusão Cultural João Batista de Azevedo Picanço, em Macapá, o projeto "A Memória vai à Escola", que tem como objetivo levar ao espaço escolar a temática da ditadura civil militar, incentivando os alunos a exercerem a cidadania, fomentando debates sobre as violações dos direitos humanos ocorridas no passado para que ela seja combatida e que não volte a acontecer. Realizado em parceria com a Secretaria de Estado da Educação, o projeto será expandido para todas as escolas da rede estadual de ensino. Os primeiros a receber foram os alunos da Escola Estadual Gabriel de Almeida Café, que compareceram em massa no local do lançamento. Para a aluna Paula Vieira, do quarto do ensino médio inovador, a iniciativa do projeto foi muito importante para complementar o aprendizado.

Temas deste texto: