Pronatec vai copiar modalidade alemã

Veículo: Valor Econômico - BR
Compartilhe

O Ministério da Educação (MEC) vai importar da Alemanha o conceito de educação profissional dual e inclui-lo na sua principal política pública para a área, o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), que já contempla atividades focadas em beneficiários do programa Brasil sem Miséria, integradas ao ensino médio e cursos de curta duração para qualificação de mão de obra. Desde outubro de 2011 o Pronatec criou cerca de três milhões de vagas e tem como meta atingir oito milhões de matrículas até 2014. Bastante reconhecido pela indústria, o sistema dual alemão representa mais de 50% das matrículas de educação profissional do País europeu e tem como base a formação, simultânea, do aluno na escola e na empresa. O financiamento desse modelo vem das companhias, que pagam uma remuneração aos aprendizes, e pelo estado, responsável pelos custos da escola profissionalizante.

Temas deste texto: