RJ: Confronto fecha escolas em Santa Cruz

Veículo: O Globo - RJ
Compartilhe

A turma estava em silêncio. Era dia de teste de matemática, e os 52 alunos, com idades entre 11 e 12 anos, tinham acabado de receber as provas, quando estampidos de tiros e explosões quebraram a concentração na Escola Municipal Eduardo Rabelo, na Avenida Cesário de Melo, em Santa Cruz, na Zona Oeste. Sitiadas e com medo, algumas crianças começaram a chorar. Mesmo assustados, professores decidiram retirar os alunos das salas e levá-los ao corredor, onde permaneceram sentados por mais de duas horas. A cena descrita por uma das educadoras aconteceu na tarde da última segunda-feira (8), quando policiais do Batalhão de Operações Especiais (Bope) e traficantes travaram uma intensa troca de tiros na comunidade do Rola. Ontem, os confrontos se repetiram. Um homem, que teria ligações com o tráfico, morreu, e 5.431 alunos do ensino fundamental da rede municipal, de nove escolas, ficaram sem aulas.

Temas deste texto: