RJ: Contra protestos, Paes cria passe livre no Rio

Veículo: Valor Econômico - BR
Compartilhe

Na mesma edição do Diário Oficial em que publicou nesta quinta-feira (30) o aumento da tarifa de ônibus para R$ 3, o prefeito do Rio de Janeiro, (RJ), Eduardo Paes, estabeleceu por decreto a criação do passe livre estudantil no transporte municipal. A medida mira exatamente a parcela da população mais sensível ao aumento. Foram os estudantes que mobilizaram os protestos contra os reajustes de passagem em junho do ano passado. Criado como passe livre universitário, o benefício valerá para estudantes atendidos pelo programa Universidade para Todos do governo federal e por programas de cotas. Universitários com renda familiar per capita de até um salário mínimo também serão beneficiados mediante comprovação da renda. O passe livre se estende aos alunos da rede pública de ensino básico e médio, que antes pagavam meia tarifa. Os estudantes poderão fazer 76 viagens grátis por mês, até quatro por dia, inclusive em fins de semana e feriados. Os alunos receberão anualmente o bilhete eletrônico com as passagens.

Temas deste texto: