RJ: Escolas e creches estaduais sem merenda a partir de abril

Veículo: O Dia - RJ
Compartilhe

O fornecimento de alimentação em creches, escolas, presídios e hospitais estaduais será suspenso a partir do início de abril, caso o governo mantenha a interrupção dos pagamentos às empresas prestadoras de serviços. A informação é da Associação das Empresas Prestadoras de Serviços do Estado do Rio (Aeps-RJ), que ontem (11) se reuniu para discutir a situação provocada pela decisão do governador Sérgio Cabral de não pagar fornecedores enquanto o Supremo Tribunal Federal (STF) não se pronunciar sobre a redistribuição dos royalties do petróleo. A próxima data prevista para desembolso do estado é dia 17. Segundo a Associação, a orientação é não paralisar os trabalhos por completo, cabendo a cada companhia tentar honrar o salário de seus funcionários até seus devidos limites.

Temas deste texto: