RJ: Lições violentas fora da sala de aula

Veículo: O Dia - RJ
Compartilhe

Relatos de agressões e tentativas de estupro no campus passaram a ser comuns recentemente. É o que assegura relatos de estudantes na página "Abusos do Cotidiano", no Facebook. Até a última sexta-feira, a página contava com 30 mil visualizações e 800 curtidas. A insegurança integra uma das pautas de reivindicações dos alunos da Rural. No dia 13 de março, eles ocuparam o prédio da reitoria, em protesto pela falta de infraestrutura da universidade. Aberto em 1948, o campus tem uma entrada principal, onde fica a guarita, e diversos acessos sem iluminação, como a ciclovia e a entrada próxima ao Instituto de Ciências Humanas e Sociais (ICHS). O vice-reitor da Universidade Rural, o professor José Eduardo Callado, atribuiu a escuridão à falta de reposição das lâmpadas, responsabilidade dos técnicos administrativos, cuja greve só acabou dia 13. Callado admite que o número de vigilantes da Rural é insuficiente para patrulhar seus 3.500 hectares. E afirma que encaminhou pedido ao Ministério da Educação para um novo concurso público, o que não ocorre há 15 anos.

Temas deste texto: