RJ: Sem grana, mas com garra

Veículo: O Globo - RJ
Compartilhe

Acostumado a driblar as adversidades no Morro do Cantagalo, em Ipanema, onde mora com quatro irmãos, Darlan Martins, de 19 anos, deu um olé na falta de patrocínio na Homeless World Cup 2013 a Copa do Mundo dos Sem-Teto, criada há dez anos para chamar atenção para as precárias condições de moradia no mundo. Na edição deste ano, realizada em Poznan, na Polônia, de 11 a 18 de agosto, o Brasil foi o campeão invicto, mesmo com uma equipe reduzida. Darlan ganhou a Bola de Ouro de melhor jogador, superando quase 400 participantes de 50 países. O jovem foi selecionado no Circuito Brasileiro de Futebol Social, realizado anualmente em São Roque, interior de São Paulo. A equipe deveria ter, no mínimo, oito atletas na Homeless Cup, os times têm três jogadores e um goleiro, mas a Eletrobras, patrocinadora desde 2011, não pôde ajudar este ano. Outro campeão carioca foi o goleiro Vinícius Araújo, de 19 anos, morador da Rocinha.

Temas deste texto: