RN: Estado faz ‘rodízio’ de aluno devido à falta de professor

Veículo: Folha de S. Paulo - SP
Compartilhe

Com um número insuficiente de professores, a rede estadual de ensino do Rio Grande do Norte decidiu adotar um "rodízio" de alunos. Ao longo da semana, em geral, os estudantes têm passado três dias em sala de aula e os outros dois em casa. O "rodízio" atinge principalmente adolescentes dos últimos anos do ensino fundamental.O sindicato potiguar dos professores estima em cerca de 20% os estudantes do estado atingidos pela medida. A rede tem cerca de 280 mil alunos – destes, 56 mil no rodízio, segundo o sindicato. Se um aluno passar todo o ano letivo nesse regime, terá tido apenas 120 dias de aula. Segundo o governo de Rosalba Ciarlini (DEM), já foram convocados mil professores e outros 500 aprovados em concurso serão chamados nos próximos dias para tentar resolver o problema.

Temas deste texto: