RS: Meninas têm reações a vacina

Veículo: Diário de Pernambuco - PE
Compartilhe

A Secretaria de Saúde do Rio Grande do Sul recolheu preventivamente nesta quinta-feira (27) um lote de 89 mil vacinas anti-HPV, depois que seis adolescentes – cinco na capital, Porto Alegre, e uma em Veranópolis, município da Serra Gaúcha – apresentaram reações atípicas depois da primeira dose. Uma delas teve convulsões. Os cinco casos de Porto Alegre foram registrados na segunda-feira (24). O de Veranópolis, no último dia 20. Os nomes das adolescentes foram mantidos em sigilo pela Secretaria da Saúde, mas as reações apresentadas foram consideradas graves pelo Ministério da Saúde. Em nota conjunta, a pasta e a Secretaria Estadual atestam que a vacina é segura e utilizada em 51 países desde 2006 "sem registros de eventos que pudessem pôr em dúvida sua segurança". O texto ressalta ainda que o Centro Estadual de Vigilância em Saúde foi notificado e já investiga os casos. As cinco adolescentes de Porto Alegre têm 13 anos e sofreram de mal-estar, dor de cabeça e náuseas. Três precisaram de atendimento hospitalar de emergência, mas já foram liberadas. A menina de Veranópolis, de 11 anos, teve uma crise convulsiva e segue sob acompanhamento neurológico.

Temas deste texto: