SP: Alunos fazem reforço escolar via YouTube

Veículo: Jornal de Brasília Online - DF
Compartilhe

Antes restrita a universidades ou a iniciativas individuais de docentes, a criação de páginas de vídeo-aulas no YouTube tem sido cada vez mais adotada por escolas de ensino fundamental e médio de São Paulo. Os canais fazem sucesso: alguns têm mais de um milhão de visualizações. Duas escolas – o Colégio Bandeirantes, na zona sul da capital, e o Colégio Poliedro, em São José dos Campos – passaram a investir no estudo da linguagem audiovisual para produzir materiais que despertem o interesse. A versão virtual da aula é bem mais curta do que a convencional: tem duração média de cinco minutos. O material serve como reforço para estudantes das instituições e também como fonte de estudo para jovens de todo o País que buscam aulas com credibilidade entre as ofertas da internet. Um dos canais de escolas que mais fazem sucesso é o do Poliedro. Criado há 15 meses no YouTube, ele já alcançou mais de um milhão de visualizações.

Temas deste texto: