SP: Câmera escondida flagra dona de escola agredindo crianças

Veículo: Folha de S. Paulo - SP
Compartilhe

A dona de uma escola infantil de São Paulo (SP) foi acusada de maus-tratos contra crianças após funcionárias do local filmarem, com uma câmera escondida, agressões sofridas por alunos. Nas imagens, a mulher, apontada pela Polícia Civil como Conceição Tomaz Cruz, dona e diretora da escola Trenzinho Feliz, grita e dá um tapa no rosto de uma menina de dois anos que não queria comer. Ela aparece, de acordo com a polícia, também empurrando um garoto de apenas um ano e oito meses. Segundo a delegada Lisandrea Colabuono, a professora e uma auxiliar falaram sobre as agressões com o pai de um aluno da escola, que disponibilizou uma microcâmera acoplada a um chaveiro para que as duas pudessem registrar imagens das agressões. Conceição foi indiciada por maus-tratos e poderá ser condenada a até um ano de detenção.

Temas deste texto: