SP: Conselheiro tutelar em Ribeirão Preto deve ter curso superior

Veículo: Folha de S. Paulo - SP
Compartilhe

Quem quiser se tornar conselheiro tutelar em Ribeirão Preto (SP) deverá ter curso superior e passar por uma prova sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). A maior exigência na admissão de candidatos às 15 vagas nos Conselhos Tutelares pode valer já a partir das próximas eleições, que ocorrem até o final deste ano. Além disso, o salários desses profissionais também poderão passar dos cerca de R$ 1.400 atuais para R$ 3.000, segundo a prefeitura. A exigência de prova e de maior escolaridade consta de anteprojeto elaborado por diversos órgãos e aprovado no Conselho dos Direitos da Infância e da Juventude (CMDCA). A prefeitura afirma que vai manter esses dois aspectos no texto que será enviado à Câmara Municipal. 

Temas deste texto: