SP: Cotada para Educação é ré em processo que apura suposto desvio

Veículo: Folha de S. Paulo - SP
Compartilhe

Escolhida pelo prefeito eleito de São Paulo (SP),Fernando Haddad,para ocupar a Secretaria da Educação, Cleuza Repulho é ré em um processo que investiga um esquema de desvio de R$ 49 milhões na Prefeitura de Santo André (SP).Os supostos desvios ocorreram entre 2005 e 2008, quando ela era a titular da Educação.Em ocasiões anteriores, Cleuza afirmou que as denúncias eram decorrentes de disputas políticas.De acordo com o Ministério Público, que apresentou ação de improbidade administrativa no ano passado, a Secretaria da Educação repassava verbas para uma ONG que não comprovou a realização dos serviços.O Instituto Castanheira foi contratado para atendimento de adolescentes e qualificação de professores.

Temas deste texto: