SP: Creches devem fechar 300 vagas em 2015

Veículo: Folha de S. Paulo - SP
Compartilhe

A crise financeira da Prefeitura de Ribeirão Preto (SP) passou a afetar entidades conveniadas ao município, que deverão fechar ao menos 300 vagas para crianças de creche e pré-escola no ano que vem. O governo mantém convênios com 25 entidades assistenciais, ligadas à educação, como alternativa à falta de vagas nas escolas municipais. Em nota, a prefeitura informou que não foi comunicada oficialmente sobre a decisão das entidades. Os problemas são os recorrentes atrasos nos repasses, registrados desde agosto. De acordo com Maurício Gumiero, presidente da União das Entidades Particulares de Ribeirão Preto (Unep), os meses de agosto a outubro foram parcelados. O mês de outubro deverá começar a ser pago nesta quinta-feira (23), em três vezes. "Temos salários de professores a pagar, todo quinto dia útil do mês", disse Gumiero. Por isso, segundo ele, presidentes de entidades estão recorrendo a empréstimos bancários para não atrasar os salários de docentes.

Temas deste texto: