SP: Educação melhora, mas ritmo é lento

Veículo: Folha de S. Paulo - SP
Compartilhe

O ensino básico da rede estadual paulista registrou, por meio do Sistema de Avaliação do Rendimento Escolar do Estado de São Paulo (Saresp), uma pequena melhora entre 2010 e 2011. Mesmo assim, as notas ainda são inferiores às obtidas nas avaliações de 2008 e 2009. Entre as séries analisadas, os melhores resultados estão novamente no 5º ano do ensino fundamental. As notas divulgadas ontem (7) são dados preliminares do Saresp 2011, avaliação anual da rede, e se referem ao desempenho do 5º e 9º anos do ensino fundamental e 3º do médio, em matemática e língua portuguesa.

Conhecimento insuficiente –Apenas 4,2% dos estudantes que concluíam o ensino médio da rede estadual paulista em 2011 tinham um conhecimento adequado em matemática. Seis em cada dez não sabiam nem o básico do que era esperado para a série na mesma disciplina. Isso significa dizer, por exemplo, que a maioria dos estudantes de 17 anos não sabia resolver problemas de equação de segundo grau com duas incógnitas.

Temas deste texto: