SP: Ensino fundamental piora no estado

Veículo: O Estado de S. Paulo - SP
Compartilhe

O ensino básico da rede estadual de São Paulo registrou melhora no ensino médio, mas piorou nos anos finais do fundamental (de 6º ao 9º ano). Dados do Sistema de Avaliação do Rendimento Escolar do Estado de São Paulo (Saresp) de 2012 também mostram avanços no 5º ano. As notas referem-se ao desempenho do 5º e 9º ano do ensino fundamental e 3º do médio em matemática e língua portuguesa. No 5º ano do fundamental, as notas ficaram em 197,6 em língua portuguesa e 207,6 em matemática. Mas a situação mais grave está nos anos finais, com piora nas duas disciplinas. Foi apenas nesse ciclo que as notas de português regrediram. A média na disciplina caiu para 227,8 em 2012 – em uma escala que vai a 500. É a menor desde 2008.

Formação e gestão – O coordenador da Campanha Nacional pelo Direito à Educação, Daniel Cara, diz que os resultados refletem um problema conhecido. "Precisamos focar em questões como formação continuada dos professores e gestão escolar mais participativa que inclua a família na escola". Segundo a diretora executiva do Todos pela Educação, Priscila Cruz, há um problema estrutural no fim do fundamental. "Essa fase continua sendo um nó invisível da educação. A própria transição para o ciclo 2 tem problemas".

Temas deste texto: