SP: Festas adultas são trocadas por brincadeira infantil nos domingos da periferia

Veículo: Folha de S. Paulo - SP
Compartilhe

No lugar do som alto e das festas adultas, o som de música infantil. Em vez de adolescentes e adultos dançando, crianças com rostos pintados brincam com carrinhos de madeira ou deslizam pelo escorregador inflável. A mudança no cenário aconteceu no Jardim Robru, na zona leste de São Paulo (SP), que ontem (11) recebeu brinquedos educativos, pula-pula e piscina de bolinhas, além de um grupo de monitores. A iniciativa faz parte do programa Polos de Brincar, da prefeitura, que acontece aos domingos em seis bairros da cidade. Todas essas localidades são áreas precárias em equipamentos públicos de lazer. De acordo com o secretário de Esportes, Lazer e Recreação, Bebetto Haddad, serão gastos até o final deste ano cerca de R$ 20 milhões com o projeto. "Fizemos as contas e não dá nem R$ 20 por criança".

Temas deste texto: