SP: Iniciativa ajuda Santos a combater a evasão escolar entre os jovens

Veículo: DCI OnLine - SP
Compartilhe

Após ter conquistado o selo de Município Livre do Analfabetismo, em 2007, a cidade de Santos (SP) tem um novo desafio: combater a evasão escolar entre jovens. Um passo neste sentido foi dado ontem (19), com a apresentação da pesquisa realizada pela prefeitura em parceria com a cidade de Turin (Itália), pelo projeto Mirando al Mundo – Observatório do Mundo Juvenil. Santos é um dos 100 municípios que integram a ação que conta com recursos da União Europeia. A partir de questionários e rodas de terapia com 354 jovens entre 14 e 29 anos que abandonaram os estudos, além de entrevistas com educadores e estudantes que permanecem na escola, a pesquisa apontou entre as principais motivações para afastar-se da sala de aula: necessidade de trabalhar, gravidez, falta de apoio familiar e de motivação, e problemas de relacionamento com o colégio.

Família – A iniciativa constatou que a evasão ou abandono inicia-se a partir da 5ª série do ensino fundamental, quando ocorrem mudanças, quer seja de escola, de turno ou método, que, somadas a outras questões de ordem familiar, influenciam no fracasso escolar desses estudantes. De acordo com a coordenadora da pesquisa, Maria Del Pilar Ferrer Câmara, da Secretaria de Assistência Social (Seas), o incentivo da família é fundamental para o jovem retomar os estudos. "Conseguindo entender o fenômeno, podemos pensar em como reverter esse processo por meio da educação", completou a secretária de Assistência Social, Rosa Gil Marsal.

Temas deste texto: