SP: Obra atrasa e criança fica sem creche

Veículo: Folha de S. Paulo - SP
Compartilhe

Passadas duas semanas do início das aulas na rede municipal paulistana, quase 4.000 crianças já matriculadas não conhecem suas novas escolas, que estão ainda em construção. Ao menos 1.600 delas deveriam estar em creches, mas estão sem atendimento. O levantamento é da própria Secretaria de Educação. A gestão Fernando Haddad (PT) culpa o governo anterior, de Gilberto Kassab (PSD). Segundo a atual administração, o antecessor reduziu no final do ano passado a liberação de verbas para as obras, o que causou o atraso na entrega de 11 creches e de sete pré-escolas, que até anteontem não estavam concluídas.

Temas deste texto: