SP: Universidades estaduais vão propor cotas de 50% a partir de 2016

Veículo: O Estado de S. Paulo - SP
Compartilhe

As três universidades públicas paulistas, USP (Universidade de São Paulo), Unesp (Universidade Estadual de São Paulo) e Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), fecharam na quinta-feira (22) proposta que será apresentada nesta semana ao governador Geraldo Alckmin, para adoção de um programa de cotas que destinará 50% das vagas a alunos que cursaram integralmente o ensino médio em escolas públicas. O objetivo é igualar os percentuais estabelecidos pelo governo Dilma Rousseff para as universidades federais na Lei de Cotas. A proposta estadual, assim como a lei federal, considera critérios econômicos e raciais de inclusão. Metade das vagas reservadas seria para estudantes com renda familiar igual ou inferior a 1,5 salário mínimo por pessoa; e 35%, para pretos, pardos e índios.

Temas deste texto: