Um bebê virtual que aprende

Veículo: O Globo - RJ
Compartilhe

Imagine um bebê virtual que interage por áudio e vídeo e tem a capacidade de aprender como uma criança humana. Ele já existe e está aprendendo a falar suas primeiras palavras. Batizado como BabyX, o experimento do Laboratório de Tecnologia para Animação do Instituto de Bioengenharia da Universidade de Auckland, na Nova Zelândia, modela "processos cerebrais que dão origem ao comportamento e aprendizado social" Resumindo, o programa simula o funcionamento do cérebro e se comunica com as pessoas por meio de um modelo tridimensional de um bebê. O "pai" do BabyX é o pesquisador Mark Sagar, conhecido por seu trabalho na indústria cinematográfica. Com participação em filmes como "Avatar", "King Kong" e "Homem Aranha 2", ele é vencedor de dois Oscars por suas contribuições ao desenvolvimento de tecnologias de animação. Dessa vontade surgiu o BabyX. Sagar usou o rosto de sua filha mais nova como modelo para o experimento. Assim, diz, está "mais consciente sobre as maravilhas do desenvolvimento dos bebês".

Temas deste texto: