Verba para educação preocupa Planalto

Veículo: Diário do Nordeste - CE
Compartilhe

Aprovado pela Câmara dos Deputados na última quarta-feira (28), o Plano Nacional de Educação (PNE) prevê que o investimento no setor chegue a 10% do Produto Interno Bruto (PIB) em 2020, quase o dobro de hoje. O índice preocupa o governo federal, que tentará minimizar seu gasto adicional na segunda etapa de votação. O plano traça 20 metas para o setor, da alfabetização à pós-graduação. A mais polêmica delas é a que prevê o aumento de recursos. O plano não diz como as despesas devem ser divididas entre União, estados e municípios. Apesar do compromisso de sancionar os 10% do PIB, a presidente Dilma Rousseff está preocupada com a falta de definição de uma nova fonte de recursos para bancar o aumento de verba nessa área.

Temas deste texto: