Novo edital do Fundo Brasil de Direitos Humanos tem como foco litigância estratégica, advocacy e comunicação

Compartilhe

Serão aceitas propostas de organismos universitários de prática em direitos humanos e organizações sociais sem fins lucrativos; as inscrições podem ser feitas até o dia 5 de maio

O Fundo Brasil de Direitos Humanos, em parceria com a Fundação Ford, disponibilizará até R$ 800 mil para iniciativas de litigância estratégica, advocacy e comunicação que visem a promoção, proteção e defesa dos direitos humanos.

Com este edital temático, a Fundação vai apoiar projetos com duração até 18 meses que atuem no sentido de promover avanços e mudanças no campo dos direitos civis, políticos, econômicos, sociais, culturais e ambientais, da igualdade de gênero e raça, dos direito das minorias, dos povos indígenas e comunidades tradicionais e do direito de acesso às mídias, realizados por organismos universitários (clínicas de direitos humanos, escritórios modelos, núcleos de prática jurídica, serviços de assistência jurídica) e/ou organizações da sociedade civil. 

A ideia é criar e fortalecer ações que conduzam à transformação social e que estejam relacionadas a casos emblemáticos de interesse da sociedade, influenciem a atuação e responsabilização do Estado, a revisão ou implementação de políticas públicas, e o aprimoramento da legislação.

Os interessados devem enviar as propostas, somente por correios, até o dia 5 de maio de 2014. O resultado do processo de seleção será informado pelo site do Fundo Brasil a partir de 5 de junho.

As informações sobre como remeter propostas e critérios podem ser conferidas no edital disponível aqui.

Todas as dúvidas serão respondidas somente pelo e-mail: [email protected]

Fonte: Fundo Brasil de Direitos Humanos