81% dos jovens desperdiçam água, diz pesquisa

Veículo: Jornal da Paraíba - PB
Compartilhe

Em tempos de seca, nível baixo de armazenamento de água e a grande possibilidade de Campina Grande (PB) ter que enfrentar racionamento, uma pesquisa realizada por uma equipe de estudantes e coordenada pelo professor Dinary Schneweiss, da Escola Estadual Aroldo Cruz Filho, localizada no bairro do Catolé, chama a atenção para um fator preocupante: 64,1% dos jovens campinenses da zona urbana não se preocupam em economizar água e 81,1% admitem que há desperdício de água em suas casas. O estudo traçou um perfil do nível de conscientização dos jovens entre 12 e 20 anos com relação ao racional uso das águas, enfatizando que a sua conservação e preservação sugerem outras questões ligadas à educação da sociedade em proteger o meio ambiente. O levantamento faz parte do projeto Uso racional da água, que tem a proposta de fazer dos jovens agentes multiplicadores de ações de preservação e conservação ambiental.

Temas deste texto: