A educação e os novos gestores

Veículo: Estado de Minas - MG
Compartilhe

Em 19 eventos realizados entre outubro e novembro de 2012 no País, a Confederação Nacional dos Municípios (CNM) debateu com os novos gestores os desafios da educação municipal: mais vagas na educação infantil e melhor qualidade do ensino fundamental. Paulo Ziulkoski, presidente da CNM, explica em artigo no jornal Estado de Minas que, no pacto federativo vigente, cabe aos municípios a educação infantil. "É tarefa dos novos prefeitos planejar a expansão das matrículas na creche e na pré-escola. Em 2012, havia no Brasil 5,6 milhões de crianças de quatro e cinco anos e 4,7 milhões de matrículas na pré-escola, em todas as redes de ensino. Até 2016, serão necessárias mais 618 mil vagas na pré-escola. Com menos nascimentos a cada ano, até 2022 será necessário mais 1,9 milhão de vagas em creche", prevê.

Temas deste texto: