AC: Presidente diz que Assembleia não autoriza Justiça a processar deputado acusado de exploração sexual

Veículo: A Gazeta - AC
Compartilhe

O presidente da Assembleia Legislativa do Acre, Élson Santiago (PEN), afirmou ontem (26) que não chegou à Casa nenhum pedido da Justiça para processar algum deputado que tenha sido apontado como um dos envolvidos na Operação Delivery, caso de exploração sexual de adolescentes que levou sete pessoas para a prisão. Santiago diz que, caso o pedido chegue, os deputados não vão dar autorização para o processo. Élson diz que não acredita no envolvimento de nenhum dos 22 deputados acreanos. "Conheço meu povo e sei que isso não existe. Mas caso chegue algum pedido, não vamos dar autorização para que ninguém seja processado".

Temas deste texto: