Alimentos envenenam crianças

Veículo: Correio Braziliense - DF
Compartilhe

Em artigo, o escritor Frei Betto discorre sobre o poder da publicidade nos hábitos alimentares de meninos e meninas. “O mais poderoso veículo de promoção de alimentos nocivos é a tevê. Expostas excessivamente a ela, as crianças tendem a querer consumir as marcas ali anunciadas”, afirma. Betto cita o exemplo da Espanha, que desenvolveu um código autorregulatório e restringe o uso de celebridades e a distribuição de produtos no mercado. Além disso ele lembra que relatório divulgado pelo Ministério da Saúde brasileiro em 2008 identificou, no período de um ano, mais de quatro mil comerciais de comida, dos quais 72% referiam-se a alimentos não saudáveis. “No Brasil, regulamentação vigente obriga colocar advertências nos comerciais de alimentos, embora a Associação Brasileira das Indústrias da Alimentação (Abia) se recuse a fazê-lo”.

Temas deste texto: