AM: Representante do Unicef avalia como positiva ida ao Alto Solimões

Veículo: A Crítica Online - MS
Compartilhe

A escassez de pessoal qualificado para atuar nas ações que garantem os direitos das crianças foi uma das dificuldades percebidas pelo representante do Fundo das Nações Unidas (Unicef) no Brasil, Gary Stahl, durante uma visita, neste fim de semana, aos municípios de Benjamim Constant e Tabatinga – na região do Alto Solimões (AM). Em Benjamim Constant uma das ações apoiadas pela Unicef diz respeito à expedição de certidões de nascimento. “No geral houve muitos avanços na região do Alto Solimões e a tendência é a de que tais avanços continuem a ocorrer”, salienta o representante. A visita ao Alto Solimões, destacou Gary Stahl, foi necessária porque a região apresenta os piores indicadores no que diz respeito aos direitos da criança, e também por se tratar de uma área onde existem grandes comunidades indígenas.

Temas deste texto: