Anvisa quer proibir cigarro com sabor

Veículo: Gazeta do Povo - PR
Compartilhe

Está pronta a nova versão da resolução da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) que proíbe o uso de produtos como canela, menta e cravo nos cigarros consumidos no Brasil. O texto, que será distribuído nesta segunda-feira (6) aos diretores para análise, mantém o veto à adição de produtos ao tabaco, mas abre exceção para o açúcar. Ele poderá ser usado por pelo menos mais um ano, quando o assunto será retomado. A adição de produtos como chocolate, baunilha ou menta, afirmam especialistas, é uma das principais estratégias da indústria para incentivar o adolescente a experimentar o cigarro. De acordo com o Instituto Nacional do Câncer, 45% dos usuários de 13 a 15 anos consomem cigarros com sabor. A proposta não foi bem recebida pela indústria do tabaco.

Temas deste texto: