Autismo e problemas cognitivos são relacionados a fatores ambientais

Veículo: Extra Online - RJ
Compartilhe

Uma análise de 100 milhões de registros médicos nos EUA revelou que a incidência de autismo e problemas cognitivos pode ser correlacionada às malformações genitais em bebês do sexo masculino, um indicador de possível exposição congênita a fatores ambientais prejudiciais como pesticidas. Segundo o estudo da Universidade de Chicago, as taxas de incidência de autismo, depois de ajustadas a fatores como gênero, etnia e fatores socioeconômicos e políticos, apresentam um salto de 283% e as de problemas cognitivos sobem 94% para cada 1% de aumento na frequência destes tipos de malformações em um nível municipal. "O autismo parece ser fortemente correlacionado com a taxa de malformações genitais em meninos por todo país", diz Andrey Rzhetsky, professor de medicina e genética humana da Universidade de Chicago e um dos autores do estudo, publicado nesta quinta-feira (13) no periódico "PLOS Computational Biology".

Temas deste texto: