BA: Escolas particulares vão negociar com pais inadimplentes em Feirão do Nome Limpo

Veículo: Correio 24 Horas online - BA
Compartilhe

Pela primeira vez, escolas particulares de Salvador vão participar do Feirão Nome Limpo, realizado pela Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas da Bahia (FCDL-BA). Neste ano, o evento vai ocorrer de 24 a 29 de novembro, no Centro de Convenções. Durante o Feirão, pais de alunos vão ter uma nova chance de renegociar dívidas com os colégios. O Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino do Estado da Bahia (Sinepe) confirmou, ontem, que vai acatar a sugestão do Procon-BA e vai montar um estande no qual deve reunir escolas interessadas em dialogar com seus devedores – uma oportunidade para tentar diminuir o índice de inadimplência no setor que, em agosto, chegou a 21,20%. De acordo com o diretor executivo da FCDL, Carlos Machado, a ideia é aproveitar o período em que muitos consumidores recebem a primeira parcela do 13º salário. O assessor da diretoria do Sinepe, Jaime David Cardoso, enfatizou que nem todas as escolas vão estar presentes no evento, mas que o sindicato se compromete a fazer uma campanha de divulgação para ressaltar a importância de tentar mais este canal de diálogo. Outro assunto discutido na última reunião entre Procon e Sinepe foi a exigência do certificado de quitação e do nome limpo aos pais no ato da matrícula. Sobre o assunto, o superintendente do Procon disse, hoje, que o órgão vai continuar de olho no cumprimento da lei.

Temas deste texto: