BA: Juiz vê intimidação no caso de adoções

Veículo: Jornal do Commercio - PE
Compartilhe

Então responsável pela comarca de Monte Santo (BA), município onde houve denúncia de adoção irregular de crianças, o juiz Vítor Manoel Xavier Bizerra disse ontem (06) que as informações sobre o caso da perda da guarda de cinco crianças de uma mesma família têm sido distorcidas. Ele alegou também que há uma tentativa de intimidação ao Judiciário. Ele foi ouvido na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Tráfico de Pessoas na Câmara dos Deputados. Bizerra disse que não se arrepende da decisão de encaminhar para adoção as cinco crianças e que a tomaria novamente, considerando as informações que tinha no momento e que as crianças estavam em situação de risco junto aos pais. Os meninos e meninas foram retirados do convívio com os pais em 2010 e entregues a casais de São Paulo em menos de dois dias.

Temas deste texto: