CE: 90% dos abandonos são motivados por drogas

Veículo: Diário do Nordeste - CE
Compartilhe

Os casos de abandono de bebês nas maternidades de Fortaleza (CE) vão além da vontade das mães. Pelo menos é o que mostra o levantamento da Maternidade Escola Assis Chateaubriand (Meac), onde, de 2011 para 2012, o número de solicitações de acolhimento de recém-nascidos aumentou seis vezes. Destes pedidos, 90% foram motivados pela dependência química das genitoras. "Temos 43 casos de crianças encaminhadas para os conselhos tutelares, de fevereiro de 2012 a fevereiro de 2013. A maioria por motivos de dependência das mães", informou a assistente social da Meac, Edilene Ribeiro. Fora a dependência química, a assistente social aponta como origem dos pedidos de acolhimento as adolescentes que são mães antes dos 14 anos, casos de óbito materno e a negligência.

Temas deste texto: