CE: Alunos passam de ano sem saber ler nem escrever

Veículo: Diário do Nordeste - CE
Compartilhe

Ao todo, 13.747 crianças do 3º ao 5º ano do ensino fundamental da rede de ensino pública de Fortaleza não sabem ler nem escrever. O quantitativo representa 21% dos 64 mil alunos do 3º ao 5º ano da rede. A avaliação foi feita no início do ano letivo, pela Secretaria Municipal de Educação (SME), que chegou ao diagnóstico por meio de uma análise de leitura e escrita realizada pelas próprias escolas. A coordenadora do ensino fundamental da SME, Dóris Leão, explica que esta é uma recomendação do Ministério da Educação (MEC) para que as escolas não reprovem os estudantes desses três primeiros anos, criando um ciclo de alfabetização. A orientação do MEC faz parte de uma proposta do Conselho Nacional de Educação (CNE) para a estruturação dos nove anos da educação fundamental. No entanto, ela explica que a partir do 4º ano, esses alunos podem ser reprovados, mas não devem.

Temas deste texto: