Como identificar baixa imunidade em crianças

Veículo: Diário Catarinense - SC
Compartilhe

Gripes, resfriados e amigdalites são vistos com frequência nos consultórios dos pediatras, mas não os assustam como as infecções de ouvido, pneumonias, meningites e estomatites de repetição. No primeiro ano de vida, o sistema imunológico da criança ainda tenta se fortalecer. Se infecções graves aparecem mais de duas vezes ao ano, podem indicar uma imunodeficiência primária quando as células de defesa não atuam corretamente ou não foram produzidas em quantidade suficiente. Outros indicadores de que o sistema imunológico da criança não está bem são as infecções na pele, que formam abscessos (formação de pus) ou eczemas (lesões avermelhadas, que podem ter rachaduras ou bolhas), diarreias fortes, reações adversas a algumas vacinas, como a da tuberculose (BCG) e atraso na queda do coto umbilical (parte do cordão umbilical que fica na criança após o parto).

Temas deste texto: