Consumo de fastfood aumenta o risco de asma em crianças

Veículo: Folha de S. Paulo - SP
Compartilhe

Dê mais frutas e verduras e menos hambúrguer e batata frita se quiser que seus filhos tenham menor chance de ter asma, rinite e eczema.Pelo menos é o que indicou um estudo internacional em grande escala, incluindo o Brasil: dados foram coletados de 319.196 adolescentes de 51 países e de 181.631 crianças de 31 países.Tanto adolescentes como crianças teriam menos ataques severos de asma caso tivessem o hábito de consumir três ou mais porções de frutas durante a semana.Em compensação, um risco maior de ataques severos de asma, rinite e eczema foi associado ao consumo de três ou mais porções de fastfood: por exemplo, 39% mais chances de asma entre os adolescentes e 27% a mais entre as crianças.O estudo foi coordenado por PhilippaEllwood, da Universidade de Auckland, Nova Zelândia.

 

Temas deste texto: