DF: Ministro da Educação recebe sem-terrinha

Veículo: Diário de Pernambuco - PE
Compartilhe

Cerca de 750 crianças e professores ligados ao Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST) protestaram nesta quarta-feira (12) em frente ao Ministério da Educação (MEC), em Brasília. Entre as reivindicações do grupo, estão o fechamento de escolas no campo e as péssimas condições de trabalho dos professores em áreas rurais. Eles também reclamaram do fechamento de 37 mil colégios nos últimos 12 anos em localidades rurais. As crianças, chamadas de "sem-terrinha", produziram uma carta-manifesto, que foi lida pelo ministro da Educação, Henrique Paim. O titular da pasta se encontrou com representantes do movimento no próprio ministério. Antes de deixarem o edifício, as crianças usaram tinta vermelha nas mãos para marcar as vidraças do MEC.

Temas deste texto: