Enem pode ser aplicado via computador em 2016

Veículo: O Globo - RJ
Compartilhe

Provas de concurso público feitas com papel e caneta podem estar com os dias contados. A Fundação Cesgranrio – atual responsável pela aplicação de vestibulares, concursos e avaliações como o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) – está iniciando um projeto de elaboração de testes adaptativos por computador para concursos de larga escala. O sistema, que já é utilizado em alguns exames dos Estados Unidos, tem como principal premissa a realização de provas 100% informatizadas, nas quais os limites das habilidades e competências de cada estudante são consideradas o tempo todo durante o teste. Para elaborar o projeto, a Cesgranrio baseia-se no método desenvolvido na Faculdade de Psicometria da Universidade de Cambridge, na Inglaterra.

Revolução – Segundo o professor Ruben Klein, especialista em avaliação e consultor da fundação, a implantação desse tipo de teste no Brasil promete revolucionar o conceito de avaliação. Além de provas mais atraentes, com a possibilidade do uso de recursos multimídia, como vídeos e músicas nos enunciados, a aplicação dos exames em computadores diminuiria gastos com transporte, impressão e logística, e acabaria com a necessidade de os exames serem realizados em um único dia. Entretanto, especialistas questionam a viabilidade de se aplicar no Brasil uma prova de modelo adaptativo em um futuro próximo.

Temas deste texto: