Estudo com autistas terá injeção de células-tronco

Veículo: O Estado de S. Paulo - SP
Compartilhe

Pesquisadores nos Estados Unidos estão recrutando crianças autistas para um estudo que testará os resultados da injeção de células-tronco dos cordões umbilicais dos voluntários. Eles querem saber se o tratamento amenizaria os sintomas e daria pistas sobre a natureza da doença. O estudo, que começou a seleção ontem, é o primeiro com esse objetivo a ser aprovado pela vigilância sanitária do País. Em cada 88 crianças nos Estados Unidos, uma é diagnosticada com alguma doença relacionada ao autismo, que prejudica o desenvolvimento do cérebro e está ligado a dificuldades na interação social e na habilidade de comunicação, além de causar movimentos repetitivos e apego exagerado a certos objetos.

Temas deste texto: