Inep quer punir quem debochar no Enem

Veículo: A notícia foi publicada nos principais jornais do País - BR
Compartilhe

O presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), órgão ligado ao Ministério da Educação, Luiz Claudio Costa, disse ontem (21) que vai sugerir uma alteração no edital para passar a punir o estudante que brincar com o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A divulgação das redações de dois estudantes que escreveram no meio do texto da prova de redação uma receita de miojo e o hino do Palmeiras, motivou a decisão. Eles obtiveram notas 560 e 500 respectivamente, em uma escala de 0 a 1.000. Na opinião de Costa, esses candidatos devem ter o texto anulado. "O que estou propondo, pela seriedade do exame e pelo respeito aos participantes que estão passando por um momento tão importante em suas vidas, é que quando for claramente mostrado que é deboche seja dada a nota zero", afirmou.

Temas deste texto: