MA: Crianças podem ficar sem vagas em escolas municipais em 2015

Veículo: O Estado do Maranhão - MA
Compartilhe

Milhares de crianças correm o risco de ficar sem vagas em escolas da rede fundamental de ensino em São Luís (MA), de responsabilidade do poder público municipal. A denúncia foi feita nesta quarta-feira (29) por militantes do Sistema de Garantia dos Direitos de Crianças e Adolescentes que atuam em São Luís em um painel na Câmara Municipal. De acordo com a ex-conselheira tutelar e atualmente ouvidora da Secretaria de Segurança Pública, Elivânia Estrela, o número de crianças que deixam as creches e escolas comunitárias e vão para o fundamental é bem maior que a quantidade de vagas disponíveis hoje. Os conselheiros fazem essa previsão com base no déficit ocorrido este ano, quando mais de duas mil crianças não puderam ter suas matrículas efetivadas por falta de vagas na rede regular de ensino. A média, de acordo com cálculos dos conselhos, é de que cada área da cidade onde existe um Conselho Tutelar tenha hoje de 200 a 300 crianças em idade escolar fora da sala de aula. São Luís tem sete conselhos. A tendência é que esse número aumente ainda mais.

Temas deste texto: