MA: Trabalho infantil atinge 9,4 mil crianças

Veículo: O Estado do Maranhão - MA
Compartilhe

A Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) 2012, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), encontrou 9.410 crianças trabalhando em São Luís (MA), uma redução de 7,35% em comparação aos números divulgados pela Pnad 2002. Apesar da redução, a exploração da mão de obra infantil é preocupante porque é um dos fatores que leva ao abandono escolar, gerando o analfabetismo e fazendo com que o adulto fique em situação de vulnerabilidade social, segundo o IBGE. Todos os dias, é possível ver em São Luís meninos e meninas trabalhando em feiras, vendendo produtos diversos em sinais ou mesmo dentro de coletivos ou atendendo em pequenos comércios em bairros de periferia. Esses são apenas alguns exemplos da realidade de crianças e adolescentes de dez a 17 anos que têm sua mão de obra explorada na capital maranhense. O índice de trabalho infantil é maior entre os adolescentes de 16 e 17 anos e menor entre as crianças de dez a 13 anos, situação que foi constatada em todo o País.

Temas deste texto: