Mães defendem projeto que reserva vagas para gestantes em estacionamentos

Veículo: correiobraziliense.com.br - DF
Compartilhe

Aos 35 anos, a publicitária Caroline Fernandes aguarda a chegada da segunda filha, Manuela. Com 38 semanas de gestação, ela sabe bem das dificuldades enfrentadas pelas grávidas para caminhar longas distâncias e defende o Projeto de Lei (PLS) 520/2013, que reserva 3% das vagas em estacionamentos para veículos conduzidos por mulheres gestantes. A proposta, de autoria do senador Anibal Diniz, foi aprovada por unanimidade essa semana na Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa do Senado (CDH). "Conheço poucos lugares com reserva de vagas. Sei de um supermercado perto da minha casa, mas há apenas uma vaga destinada às gestantes. Acho importante ter essa reserva de vagas. Mas é preciso definir como vai funcionar e como fiscalizar", disse. Atualmente, a reserva de vagas em estacionamentos para gestantes não é obrigatória. Com a aprovação na CDH, o projeto segue agora para apreciação na Câmara dos Deputados.

Temas deste texto: