Minas Gerais lança chamado aos jovens que estão fora da escola

Veículo: Veículo não definido - BR
Compartilhe

A Secretaria de Estado da Educação de Minas Gerais lançou na última segunda-feira, dia 21, a Campanha VEM, um chamado aos jovens que querem voltar a estudar em 2016 em qualquer nível da Educação Básica. A iniciativa faz parte da Virada Educação Minas Gerais, movimento que quer potencializar os saberes, as práticas e as competências educativas do Estado e promover uma educação de qualidade. Para participar, o adolescente deve preencher até 30 de outubro o formulário online disponível no site da Secretaria de Educação. Ele poderá acessar o documento de qualquer local com internet ou se dirigir a uma escola da rede estadual. As 47 Superintendências Regionais de Ensino do Estado também poderão ser procuradas pelos jovens interessados. No formulário, meninos e meninas vão informar o nível de estudo concluído por eles, o município de residência e indicar até três escolas onde gostariam de estudar no ano que vem, dentre outras informações. De posse dos dados, a Secretaria de Estado de Educação vai analisar a demanda por vagas e direcionar os adolescentes para o local mais adequado para a sua reinserção escolar.

Virada Educação Minas Gerais

A Virada Educação é uma grande mobilização para trazer o jovem de volta à escola, especialmente aqueles entre 15 a 17 anos. Cerca de 158 mil jovens no Estado com esta faixa etária não estão na escola. O movimento busca entender as causas da evasão escolar dos jovens e criar condições para que a escola seja mais atrativa e conectada à realidade desses sujeitos. Para isso, a SEE realiza desde agosto rodas de conversas com adolescentes e jovens em todo o Estado a fim de saber o que eles pensam da escola e em que a escola pode melhorar. Ao todo, foram realizadas 10 rodas de conversa, e outras 7 devem acontecer até o final do ano. Trata-se de uma metodologia que irá embasar as ações de políticas de educação, para esse público, que a SEE vai implementar. Entre as estratégias que se apresentam para as políticas de educação para a população jovem está a educação integral, que deve ser implantada considerando as especificidades das regiões e locais; a potencialização da educação profissional e o investimento em projetos acadêmicos e de extensão para o Ensino Médio, além da ampliação e fortalecimanto da Educação de Jovens e Adultos  (EJA).

 

Temas deste texto: