Ministério alerta para reação à tríplice viral

Veículo: Correio Braziliense - DF
Compartilhe

Crianças com alergia a leite não devem tomar a vacina tríplice viral – que protege contra sarampo, rubéola e caxumba –, fabricada pelo laboratório Serum Institutte of India. O produto é usado na campanha de imunização que começou no último dia 8 e se estenderá até o próximo dia 28. O alerta foi dado nesta quarta-feira (19) pelo Ministério da Saúde (MS) depois que 28 crianças tiveram reações alérgicas ao receberem doses do produto. A vacina é indicada a crianças de 1 a 5 anos incompletos. Em Manaus (AM), quatro crianças tiveram efeitos adversos, o que levou a Secretaria de Saúde do Amazonas a suspender temporariamente a campanha. Em nota, o Ministério ressaltou que todas as crianças que tiveram reações passam bem, mas, por precaução, a orientação às secretarias de saúde é evitar aplicar a injeção em quem tem histórico de alergia a lactose. Apesar de não haver contraindicação na bula do produto, o Ministério fez a recomendação após constatar a presença de lactoalbumina hidrolisada no produto.

Temas deste texto: