Papa pede remédio às crianças com Aids

Veículo: Folha de Londrina - PR
Compartilhe

O Papa Bento XVI lembrou ontem (28) das crianças que sofrem de Aids e pediu a ampliação de seu acesso aos remédios contra a doença, que causa milhões de mortes por ano em todo o mundo. O pedido foi feito às vésperas do 1º de dezembro, Dia Mundial de Luta contra a Aids. ''Penso no grande número de crianças que, anualmente, contraem o vírus de suas mães, apesar da existência de tratamentos para impedi-lo'', disse. Bento XVI citou os ''sofrimentos trágicos'' causados pela doença nas ''regiões mais pobres do mundo''. Segundo organizações internacionais, 70% dos infectados estão na África, continente devastado pela Aids. O Papa lembrou ainda o papel das organizações católicas que trabalham pelo mundo na prevenção, tratamento, cura e ajuda a doentes, viúvos e órfãos da Aids.

Temas deste texto: