Paraná vai fazer diagnóstico dos Conselhos Tutelares

Veículo: Diário dos Campos - PR
Compartilhe

O Paraná é o primeiro estado do País a fazer um estudo completo que revela o perfil dos conselhos tutelares e dos conselheiros que atuam na rede de proteção da criança e do adolescente. O Censo do Sistema de Garantia de Direitos (Censo/SGD), coordenado pela Secretaria da Família e Desenvolvimento Social, apresenta informações sobre 412 conselhos tutelares e todos os conselhos de direitos existentes no estado. O objetivo do trabalho é fornecer ao governo estadual um diagnóstico preciso sobre a situação e a estrutura dos conselhos tutelares – que devem ser mantidos pelas administrações municipais, de acordo com resolução do Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (Conanda) – e dos Conselhos Municipais dos Direitos da Criança e do Adolescente no Paraná (CMDCAs). As informações obtidas com a pesquisa são essenciais para direcionar a elaboração da política estadual de fortalecimento do Sistema de Garantia de Direitos. De acordo com a secretária Fernanda Richa, o censo complementa o trabalho que vem sendo desenvolvido pelo governo do estado desde 2011. Neste período, os investimentos somaram R$ 15,2 milhões, recursos usados na reestruturação dos conselhos tutelares, que receberam novos equipamentos de informática e veículos, e na capacitação dos conselheiros.

Temas deste texto: