PE: Agentes da Funase facilitam rebeliões

Veículo: Jornal do Commercio - PE
Compartilhe

Agentes da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase) estão facilitando rebeliões em unidades de internamento de adolescentes na Região Metropolitana do Recife (PE). A conclusão é da Promotoria da Infância e da Juventude, do Ministério Público de Pernambuco, depois de uma série de inspeções, feitas desde junho passado. Esse foi também foi o motivo para a rebelião da última sexta-feira (30), no Centro de Atendimento de Abreu e Lima, de acordo com a promotoria. Agentes teriam deixando cadeados abertos. O promotor de Execução de Medidas Socioeducativas, Jailson da Costa Santos, disse que os agentes socioeducativos (ASEs) estariam também espancando os internos. “Há indícios de que as rebeliões são facilitadas, ou fomentadas, por agentes socioeducativos”, registrou o promotor.

Temas deste texto: