PE: Funase abre sindicância para apurar causas de rebelião

Veículo: Diário de Pernambuco - PE
Compartilhe

Será aberta hoje a sindicância que vai apurar as causas da rebelião na Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase) de Abreu e Lima (PE), ocorrida na última sexta-feira (30). O secretário em exercício da Secretaria da Criança e da Juventude de Pernambuco, Fernando Silva, garantiu rigor na apuração das denúncias de agressão sofrida pelos adolescentes na unidade. O primeiro dia de visitas depois do tumulto que terminou com a morte de um interno foi considerado "tranquilo" pelos familiares dos reeducandos. Essa foi a terceira rebelião na unidade desde janeiro. As outras aconteceram em maio e setembro, deixando dois adolescentes mortos e três agentes feridos. Só neste ano, sete internos já perderam a vida e 10 pessoas ficaram feridas, sendo cinco agentes, após motins em unidades da Funase.

 

Temas deste texto: