PE: Presença de aves fecha maternidade

Veículo: Folha de Pernambuco - PE
Compartilhe

Por conta da presença de pombos a enfermaria da Maternidade Bandeira Filho, no bairro de Afogados, na Zona Oeste do Recife, ficou fechada por dois dias. A grande quantidade de aves estava oferecendo riscos à saúde de pacientes e funcionários da unidade. A gerência da maternidade informou que agentes da vigilância ambiental fizeram a remoção dos ninhos e fezes dos pombos e, ontem (10), reabriram os setores que estavam interditados. "Também serão colocados grampos e telas nas janelas e nas caixas de ar-condicionado para evitar a contaminação dentro do hospital”, informou a nota enviada pela Secretaria de Saúde do Recife. Na frente da maternidade, a presença de aves é constante. Uma das doenças transmitidas pelo pombo é a causada pelo piolho que ataca os animais, e também pelas fezes das aves. Os pombos se aglomeram em ambientes que tenha restos de comida, para que possam se alimentar.

Temas deste texto: